quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Ando sumido...

Que a paz de Deus e a graça do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo sejam com todos

Meu blog anda meio parado. Na verdade eu acho que já esgotei os assuntos que tinha a tratar a respeito da denominação que eu pertenço. Não vou desativar o blog e nem parar de escrever totalmente. Quando aparecer algum assunto apareço aqui para comentar algo a respeito. A parte de comentários não estará passando por moderação, mas só poderão comentar quem tiver conta no google. Quem tiver alguma dúvida, questionamento, sugestão de postagem ou queira saber a minha opinião sobre determinado tema pode entrar em contato comigo deixando algum comentário na caixa de comentários de qualquer postagem deste blog.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Qual a sua opinião?


Segue abaixo algumas afirmativas referentes a assuntos relacionados às nossas crenças dentro da Congregação Cristã. Peço para os irmãos que porventura lerem esta postagem que responda o questionário na seção de comentários do blog seguindo o exemplo descrito no primeiro comentário deste post:

No final do comentário digite seu nome e sua idade, nada mais que isso. Se você não quiser revelar seu nome ou sua idade, nos deixe apenas as iniciais do seu nome. Se mesmo assim você não quiser revelar as iniciais do nome pode participar como anônimo

A princípio não existem respostas certas ou erradas, ou seja, não é a intenção deste post fazer juizo de valor em cima das respostas. Também não serão liberados comentários suscitando debates. 

Apenas coloque suas opiniões.

A intenção deste post é apenas levantar o perfil dos irmãos que acessam este blog.

Nada de polêmicas, pois as questões são de natureza simples e, acredito eu, faceis de serem respondidas. 

1 - Atualmente somente pessoas que pertencem a CCB podem ser salvas por Deus. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei 

2 - É o sangue de Jesus Cristo que purifica o homem do pecado e não as águas do batismo. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei  

3 - Deus só atende as orações que são feitas de joelhos, salvo aquelas em que a pessoa não tem condição de se ajoelhar. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei 

4 - Somente pessoas que se batizam na Congregação Cristã são considerados nossos irmãos em Cristo. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei

5 - Todos ensinamentos da Congregação Crista no Brasil provenientes da assembléias anuais são infalíveis e inerrantes em todos os seus aspectos. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei 

6 - Eu tenho plena certeza da minha salvação em Cristo. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei 

7 - Se alguém frequenta a Congregação Cristã no Brasil e passa a congregar em outra denominação cristã por determinado motivo pessoal, o tal perde a salvação da sua alma. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei 

8 - A bíblia sagrada é a palavra de Deus. Não possui erros ou contradições. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei 

9 - As nossas obras são determinantes para a nossa salvação.  

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei 

10 - Deus perdoa aqueles que cometeram pecado de fornicação ou adultério, se estes se humilharem rogando a Deus por misericórdia. 

a) Concordo
b) Discordo
c) Não sei

sábado, 15 de junho de 2013

O ladrão na cruz é uma pedra no sapato dos adeptos de crenças pagãs


O ensino de que o batismo em águas é necessário para salvação tem sua raiz no paganismo. Pior os que dizem que as águas do batismo tem poder de purificar pecados.

Já escrevi sobre isso aqui.

Um leitor anônimo assíduo do blog, apelidado como "arc-ibb", é adepto da crença pagã de que sem o batismo em água ninguem se salva. Ele consegue piorar o argumento quando afirma que sem o batismo em agua na CCB ninguém se salva. Além de acrescentar o elemento químico água (cuja fórmula é H2O) como parte redentora da nossa salvação, acrescenta também o nome da instituição da qual somos membros. Pior do que isso acho que não fica mais.

Segue abaixo um comentário dele com algumas considerações da minha parte:

~*~

“1).Batismo è necessário para a SALVAÇÂO?;Sim,com certeza,(At.16:30-33),”

Em Atos 16: 30-33 não esta escrito que o batismo é necessário para salvação, mas sim que a crença em Jesus Cristo é necessário para salvação, veja:

“E, tirando-os para fora, disse: Senhores, que é necessário que eu faça para me salvar? E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa.” Atos 16:30-32

O batismo veio só depois que ele foi salvo, isto é, só depois que ele creu, conforme escrito:

“E, tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes os vergões; e logo foi batizado, ele e todos os seus.” Atos 16:33

“Como jà tratei em comentàrio anterior,OBS;sâo CORRELATIVOS,Isto-é,Fè e Águas,relaçâo MÙTUA = BATISMO.”

Não existe nenhum versículo na bíblia que trata o elemento “àgua” (cuja formula química é H20) como algo que complementa a nossa salvação em Cristo. Você entrou no paganismo agora.

“A Ilustraçâo do ladrâo crucificado,Não faz sentido,E NÂO PROVA O CONTRÀRIO,porque a maneira como ele se encontrava,Dispensa comentário,Acerca da IMPOSSIBIBLIDADE de Batizar-se e outras dificuldades,(S.Lc.23;40-43)”

Voce disse logo abaixo que uma pessoa que creu mas não teve oportunidade de se batizar será condenada. Mas no comentário dito acima você se contradiz.

E se para você sem batismo não existe salvação para absolutamente ninguém basta um exemplo na bíblia que prova o inverso para você se passar por mentiroso. O ladrão na cruz é um belo exemplo de que você esta mentindo ao dizer que após a vinda do Senhor Jesus a esta terra ninguém será salvo se não passar pelo batismo. O ladrão na cruz creu em Jesus Cristo, não se batizou e foi salvo. E o mentiroso até agora é você.

“PRA ILUSTRAR;Se nâo fosse presizo pra SALVAR-SE,O Senhor tinha dito;(Portanto ide,ensinai todas,batizando-as em nome do Pai e do Filho,e do Espirito Santo,Se nâo for possivel batiza-los,Somente Crêiam e serâo Salvos),Obs;e nâo è o que diz o texto,(S.Mt.28:19).”

O texto não diz que o batismo é necessário para salvar. O texto apenas da uma ordem aos discípulos (batizar os que se convertem) sem nada falar a respeito dos supostos efeitos do batismo sobre os que aceitarem ser batizados.

Agora sobre crer e não for possível se batizar para ser salvo te apresento novamente o caso do ladrão na cruz que te coloca em contradição.

"2)Entâo Significa que o Batismo è facultativo?.Rsp;de nenhuma maneira è o Oposto,È CUMPRIMENTO DO MANDAMENTO batizar-se,(At.2:38)."

Sim, concordo contigo. O batismo é cumprimento do mandamento, nada mais do que isso. Mas você afirma que pessoas que creram e não tiveram oportunidade de se batizar serão condenadas, por que “não cumpriram o mandamento”.

Bem, existe o mandamento para os homens amarem suas esposas como Cristo amou a igreja. Pelo seu raciocínio somente serão salvos os irmãos casados e os solteiros serão condenados, pois não tiveram a oportunidade de se casarem e assim não cumpriram o mandamento para amarem suas respectivas esposas.

"3)Se Eu crêr e nâo tiver a portunidade de me batizar,Serei Salvo?.Rsp;Falta de Oportunidade NÂO JUSTIFICA|,Por EXEMPLO;Alguém pode premeditar servir A DEUS,E morrer antes ou ser REJEITADO por causa da sua PORFIA,O SENHOR nâo è sujeito a vontade Humana.(Filip.2:13)."

O ladrão na cruz não teve oportunidade de se salvar, mas foi salvo. O caso dele não se justifica então?

"E assim o Batismo SALVA;1ªA FÈ com ARREPENDIMENTO e em 2º O Batismo nas Àguas,Ai sim,Só OCORRE O SEPULTAMENTO ESPIRITUAL através do Batismo.(Rm.6;4),e por FIM CONSUMA-SE a Salvaçâo.(1Pd.3;21.arc-ibb)."

Sobre os versículos que você apresentou:

 ~*~

ÁGUA DE BATISMO

“Nunca se deve dizer que a água do batismo é santa água. Batisar na água por imersão sepultando o velho homem é cumprimento do santo mandamento da Palavra de Deus, mas a água não é santa. É uma água como outra qualquer, de um rio, de uma vasca, de um lagoa, etc...” 


TÓPICO DE ENSINAMENTO DE 1964

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Perguntas e respostas sobre o batismo em águas


Muitas almas estão sendo salvas no continente africano, mas não por meio do batismo em águas


1 - O batismo é necessário para a salvação?

Não. Se fosse Jesus Cristo não salvaria o ladrão na cruz.

2 - Então isso significa que o batismo é facultativo?

Não, o batismo não é facultativo.No entanto uma pessoa que creu verdadeiramente na obra expiatória que Jesus Cristo consumou na cruz irá se batizar tão logo surja a primeira oportunidade.

3 - Se eu crer e não tiver oportunidade de me batizar caso venha falecer serei salvo?

Sim.

4 - Se eu não crer e me batizar serei salvo?

Não.

5 - Se eu crer e me negar a se batizar serei salvo?

Você não creu verdadeiramente, apenas diz que creu. Há uma enorme diferença entre crer verdadeiramente e apenas falar que creu.

6 - Se eu crer e me batizar serei salvo?

Obviamente que sim.

7 - Se o batismo não salva qual o seu significado?

O batismo é uma confissão externa de fé.

O batismo pode ser entendido como o nosso sepultamento simbólico com Cristo. Descer às águas e ser imerso é entrar na “semelhança da sua morte”. É uma figura de Sua morte por nós. Dessa maneira, o batizando admite que, sendo pecador merece morrer. Ele se coloca simbolicamente no lugar de morte, onde Cristo esteve, confessando de modo público sua fé na morte de Cristo pelos seus pecados. O velho pecador é colocado numa posição de morte e a pessoa professa ter “morrido com Cristo”. O sair da água simboliza a ressurreição e a confissão de fé do batizado de que é uma nova criatura em Cristo Jesus e de que agora irá andar em novidade de vida - a vida cristã. As águas do batismo não dá nova vida, mas simplesmente é um ato que demonstra que a pessoa já a tem e que se propõe a andar nela.

Ao batizar alguém você o traz para dentro da grande casa da profissão cristã (mesmo incrédulo). Ele recebe sobre si o nome de Cristo e passará a ter responsabilidades quanto a esse nome. Num certo sentido, se permanecer incrédulo ou apostatar da fé, sua culpa torna-se ainda maior.

8 - O ministério da Congregação Cristã no Brasil ensina que o batismo em águas é necessário para a salvação?

Sim e não.

Nos 12 pontos de doutrina oficiais da Congregação Cristã que se encontra na contra capa dos hinários não existe nenhuma menção de que o batismo é condição necessária para a salvação.

Agora observem esses dois tópicos de ensinamentos, de 1991 e 2004, respectivamente.

Tópico de 1991

"Os que vão ser batizados devem crer que Jesus Cristo é o Filho de Deus. Ele é quem salva e não o batismo, em si. O batismo é obediência à Palavra de Deus."

Tópico de 2004

"Nos batismos deve ser mencionado e esclarecido o fundamento desse santo mandamento, conforme disse o Senhor Jesus: "Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda a criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado."  Portanto, a finalidade principal do batismo é o perdão dos pecados e a salvação da alma."

Se em 1991 foi dito que o batismo não salva como pode ser possível que a sua finalidade principal é a salvação da alma conforme o tópico de 2004? Os tópicos são no mínimo contraditórios.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

As origens e as causas da crença de que a Bíblia Sagrada contém a Palavra de Deus. Estariam os membros do ministério cientes disso ao permitirem a alteração do primeiro ponto de doutrina da Congregação Cristã no Brasil?

Imagem do blog Bereiano

Em nossa declaração de fé o termo "Bíblia" se refere aos 66 livros sagrados, posto que não temos especificação alguma a respeito de alguma bíblia em particular nessa mesma declaração, algo do tipo: "Nós cremos na inteira bíblia tradução tradicional João Ferreira de Almeida (...)". 

Ao nos referimos aos 66 livros sagrados como simplesmente contendo a Palavra de Deus (e não sendo em si mesmo a Palavra de Deus) poderemos estar confessando que ali, naqueles 66 livros sagrados, existem coisas que não é Palavra de Deus e que fora acrescentado pelo homem levando em conta os seus próprios critérios. 

Foi justamente nesse sentido que o debate em torno das escrituras sagradas surgiu nos tempos do iluminismo, pois passou a existir dentro da cristandade pessoas que acreditavam que nos 66 livros sagrados que encerram a cânon bíblico existiam junto com a Palavra de Deus textos que foram acrescidos pelo homem sem o aval divino e que não deveriam ser creditados como sendo Palavra de Deus. Dessa maneira nasceu a crença de que a bíblia sagrada contém a Palavra de Deus. Esse tipo de debate a respeito do termo "conter" é histórico. 

A Congregação Cristã no Brasil por meio do seu ministério resolve então entrar no mérito da questão com a promoção do hinário número 5 alterando o seu primeiro ponto de doutrina utilizando um termo polêmico que procura distinguir a Bíblia Sagrada da Palavra de Deus. Resta saber se o ministério está consciente disso ou se a mudança teve uma outra razão. 

Seja lá como for a alteração foi totalmente desnecessária, uma vez que a confissão antiga afirmando que cremos que a bíblia sagrada é a Palavra de Deus tinha justamente a intenção de nos separar de qualquer pensamento contraditório em relação às escrituras sagradas. 

Com a mudança no tópico fica agora aberto uma "brecha" para que entendam que  cremos que bíblia sagrada não pode ser considerada como 100% Palavra de Deus. E foi para afirmar isso que o termo "conter" apareceu no meio cristão a mais de 300 anos.

Leia mais sobre este tema na seguinte postagem:

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Mario Persona responde a pergunta de membro da Congregação Cristã a respeito da mudança do primeiro ponto de doutrina impressa no hinário 5

Este copo contém água, mas também contém sujeira

A Biblia é ou contem a Palavra de Deus?


A Bíblia É Palavra de Deus. Dizer que ela meramente "contém" a Palavra de Deus é desprezar a inspiração das Sagradas Escrituras e transformar o homem em juiz da Palavra ao invés de aceitar a Palavra como aquela que discerne os corações. O fato de alguns não entenderem ou aceitarem a Palavra de Deus os leva a criar a ideia de que a Bíblia "contém" a Palavra de Deus.

O argumento a favor dessa ideia é que na Bíblia encontramos palavras de homens e até de Satanás, mas os que assim argumentam estão perdendo de vista que foi Deus quem nos revelou quais foram essas palavras ditas por terceiros, portanto o documento continua sendo (e não meramente contendo) a Palavra de Deus.

A ideia é tão absurda quanto comprar um imóvel recebendo apenas um documento que "contém" a escritura, ou seja, uma descrição do terreno, ao invés de exigir a própria escritura de propriedade do terreno. O poder de um documento que "contém" a Palavra de Deus não é o mesmo de um que seja efetivamente a própria Palavra emitida por Deus, mesmo que Ele tenha feito isso através de suas criaturas. Veja o que o próprio Jesus diz de TODAS as Escrituras (no caso o Antigo Testamento):

Luc 24:44-45  E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos. Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras.

Aqui ele chama a lei, os profetas e os Salmos de "as Escrituras". Ele disse que esses livros SÃO as Escrituras, não que CONTÉM as Escrituras, e obviamente "Escrituras" aparece como sinônimo da Palavra de Deus. Mas onde Jesus chama de Palavra de Deus as Escrituras? Ao referir-se aos mandamentos ele disse:

Mar 7:13 Invalidando assim A PALAVRA DE DEUS pela vossa tradição, que vós ordenastes.

A Palavra de Deus chega até nós na forma escrita e é sancionada pelo próprio Senhor, que considerava TODAS as Escrituras do Antigo Testamento ("a lei de Moisés, os profetas e os Salmos") como a Palavra. Ele nunca disse que esses livros "continham" a Palavra, mas que eram a Palavra.

Abra no primeiro livro de Moisés, o Gênesis, e você encontrará uma mentira de Satanás dita a Eva. Seria a mentira de Satanás a Palavra de Deus? Não, mas o registro que Deus faz da mentira de Satanás é a Palavra de Deus. Caso contrário, como poderíamos acreditar no testemunho de Deus de que Satanás mentiou para Eva se colocássemos em dúvida o relato do jardim do Éden inspirado por Deus para que fosse registrado por Moisés?

Antes que alguém pense que apenas o Antigo Testamento tenha esse caráter de Palavra de Deus ou Escrituras, é bom ler 2 Pedro onde o apóstolo menciona os escritos de Paulo e os coloca no mesmo nível das demais escrituras. Portanto da próxima vez que escutar alguém dizer que algo nas cartas de Paulo é mera opinião pessoal do apóstolo é bom ficar longe dessa pessoa, pois ela não crê na autoridade da Palavra de Deus.

2 Pe 3:15-16 ...como também o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada; Falando disto, como EM TODAS AS SUAS EPÍSTOLAS, entre as quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, e IGUALMENTE AS OUTRAS ESCRITURAS...

Se a Bíblia meramente "contém" a Palavra de Deus, e não é toda ela a Palavra de Deus, então qual parte é e qual parte não é? Obviamente os homens gostam da ideia de poder julgar a Bíblia e dizer "Isto é opinião de Paulo..." ou "Isto não se aplica a mim...". Além disso, como poderíamos dizer que a Palavra de Deus tem poder sem saber exatamente que palavra seria esta? Será que poderíamos atender à ordem de pregar a Palavra se ficássemos na dúvida do quê exatamente pregar? Afinal, João 3:16 é a Palavra de Deus ou a a palavra de João simplesmente repetindo o que ouviu dizer que Jesus teria dito a Nicodemos? Percebe o problema que se cria ao se colocar em dúvida um documento?

Portanto é preciso que o verdadeiro crente em Jesus tenham bem claro em sua mente que a Bíblia, isto é, o conjunto dos 66 livros inspirados que temos em mão, É A PALAVRA DE DEUS e não apenas reúne PALAVRAS DITAS POR DEUS ou CONTÉM A PALAVRA DE DEUS. Se tomarmos a Bíblia da forma como querem os que acreditam que ela apenas contém a Palavra de Deus esse livro deixará de ter qualquer autoridade sobre nossa vida, pois estaremos na confortável posição de poder selecionar o que vale e o que não vale para nós, tornando-nos juízes de Deus e não o contrário. Iríamos obedecê-la só quando nossa vontade coincidisse com ela.

Uma das grandes provas de ser a Bíblia a Palavra de Deus e não dos homens que Deus usou para escrevê-la é que o Antigo Testamento apresenta uma horrível coleção de erros e pecados do próprio povo que durante séculos foi o guardião dessa mesma Palavra, o povo de Israel. Se fossem palavras de homens eles teriam sido os primeiros a filtrar tudo o que lhes fosse contrário, deixando apenas aquilo que eles "considerassem" Palavra de Deus e não comprometesse a reputação daquele povo.

O mesmo pode ser dito dos apóstolos, que escreveram o Novo Testamento e são neles despidos de qualquer honraria humana, pois encontramos nos evangelhos, em Atos e nas epístolas muitos dos erros e falhas desses mesmos apóstolos e discípulos de Jesus. Por que eles não teriam suprimido essas partes desagradáveis como meros relatos incidentais e não como a fidedigna, inerrante e imutável Palavra inspirada por Deus?

Você disse que sua denominação acaba de mudar a declaração de fé, alterando de "...a Bíblia É a Palavra de Deus..." para "...a Bíblia CONTÉM a Palavra de Deus...". Não é de surpreender que tenham feito isso, pois a cristandade como um todo caminha rumo à apostasia, que é o abandono da verdade, e obviamente isto está sendo feito em doses homeopáticas, uma mudança a cada dia, para que o engano possa ser assimilado por aqueles que seguem suas doutrinas. O que fazer num tempo de apostasia e erro? Apartar-se de toda iniquidade, e quando a Palavra de Deus fala de iniquidade, é bom lembrar que não existe maior iniquidade do que o abandono da verdade das Escrituras.

Heb 4:12-13  Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.


2Tm 2:19-22  Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniquidade. Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra. Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor.

2Tm 3:1-17  Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.  Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos...  Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te....  Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.  E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes RESISTEM À VERDADE, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé....  Mas os homens maus e enganadores irão de mal para pior, enganando e sendo enganados.  Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido,  E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra. 

Meus comentários

Os "meus comentários" finais a respeito desta postagem na verdade são os comentários do irmão Daniel em um texto que escrevi relatando o tema acima.

Em alusão à imagem que abriu esta postagem percebam o quão perigoso é este ensino liberal que afirma que a bíblia sagrada não é a Palavra de Deus, mas que apenas a contém.

"Ai pra cima alguém disse " uma garrafa de suco de laranja. Uma garrafa contendo suco de laranja, não soa melhor? "

Bem, numa garrafa de suco de laranja, ou uma garrafa que contém suco de laranja, pode ser bebido o suco, fica a garrafa e ai, como é comum em muitas casas no Brasil, enche-a de água ou de caldo de cana. Não será mais uma garrafa que continha suco de laranja.

Agora contém outra coisa.

Não podemos dizer que numa laranja haja caldo e cana. Uma laranja é só uma laranja.

Uma garrafa é um recipiente, e como recipiente pode conter tudo. Desde sucos até lixo.

Uma fruta só pode ser o que é. Fruta não é recipiente.

Uma Bíblia pode conter vários livros, como contém. No entanto, a Bíblia ( o conjunto de livros ) é a Palavra de Deus.

Assim como uma garrafa pode conter suco de laranja, poderá não conter.

Assim com a Bíblia contém a Palavra de Deus, poderá não conter. Basta esvaziá-la.

Laranja É laranja.

Quanto a mudança do tópico 2 é urgente um posicionamento do ministério. Nem os anciães estão sabendo disso. Aqui na minha cidade um foi questionado e não sabia do que se tratava.

Embora, ficarão em silêncio.

A Bíblia É a Palavra de Deus."

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Ancião da Congregação Cristã ou somente mais um trolleiro da internet?

Os irmãos que vez ou outra costumam passar os olhos neste blog devem ter notado que eu desativei a moderação de comentários. Isso fez com que o número de comentários diários aumentasse consideravelmente. Entre as dezenas que tenho recebido nos últimos dias dois deles me chamaram a atenção, sendo assinado por alguém que se identifica como "Elizeu" e ancião da Congregação Cristã.

Segue o primeiro comentário:

"Caro Carlos

Já gerou heresia. Essa mudança em oculto em si é pecaminosa e heresia. E para alterar os pontos de doutrinas tem que alterar os Estatutos e passar por assembleias gerais ordinárias em cada região. Sou ancião e tal alteração foi feito sem respeito com os conservos. Até agora não fomos informados de tal mudança. Está em discussão em nossa regional de remover essa página dos hinários a serem distribuídos ou fornecerem adesivos impressos com os pontos originais.

Vosso em Cristo, Elizeu"

Segue o segundo comentário:


"Não é assunto interno. Envolve a fé de 2 milhões de pessoas. E para lembrar, os que fizeram essa mudança passaram por cima de anciãos mais velhos do que eles. Na última vez que liguei ao ir.N****, ancião mais velho do mundo, ele disse que não sabia de nada dessas alterações.

Em Cristo, Elizeu"

No ano passado um comentarista anônimo que também assinava como "Elizeu" andou escrevendo neste blog comentários curiosos. Não somente neste blog, mas também no blog do irmão Juliano. Tratava-se na verdade de um troll.

Para quem não sabe o que é um troll a definição segue abaixo:

"Um troll  designa uma pessoa cujo comportamento tende sistematicamente a desestabilizar uma discussão, provocar e enfurecer as pessoas envolvidas nelas. O termo surgiu na Usenet, derivado da expressão trolling for suckers (lançando a isca para os trouxas), identificado e atribuído ao(s) causador(es) das sistemáticas flamewars."

Fonte: Wikipedia

Não que eu duvide que algum irmão ancião possa adentrar em determinado sitio da internet afim de escrever algo relativo à Congregação Cristã no Brasil, mas a contar do fato do comentarista ter se identificado como pertencente ao ministério assinando o nome "Elizeu" em um comentário anônimo com teor polêmico já é motivo mais do que suficiente para acreditar que ele se trata de um "troll", ou até mesmo a mesma pessoa que andou tumultuando o blog do irmão Juliano a alguns meses atrás.

Esse é o preço que se paga quando a moderação de comentários é desativada.

Mas a fim de facilitar a conversa entre os irmãos comentaristas e abrir espaço para os demais que não possuem uma conta fixa no google a moderação irá continuar desativada.

Caberá à cada um a responsabilidade individual de não mentir sobre a sua verdadeora identidade bem como aquilo que representa como membro da Congregação Cristã.

Mas isso já é uma questão de consciência, algo que eu não tenho como moderar.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Ministério da Congregação Cristã no Brasil reconhece membros de outra denominação como irmãos em Cristo.


Isso não é novidade, pois já aconteceu antes. Leia aqui.

Com informações do administrador do fórum CCB SEM CENSURAS:

Saudações cristãs, Amados... 

Prosseguem as negociações acerca de um eventual tratado de mútuo reconhecimento entre a Congregação Cristã e a denominada "Igreja Cristã Evangélica". 

Apesar das consideráveis discrepâncias de ordem doutrinário-organizacional verificáveis entre ambos os segmentos, nossos anciãos não descartam a possibilidade de que a co-participação ou livre trânsito entre seus membros venha a ser franqueada. 

Não se trata, inicialmente, portanto, de um processo integrativo-unificatório, mas de uma espécie de parceria co-denominacional. 

 Ao contrário do que sugerem alguns, a Igreja Cristã Evangélica encontra-se presente não apenas na Romênia, mas em diversas outras regiões da Europa. Além da "Biserica Crestina Evanghelica" (Romênia) o Setor Missionário tem enviado delegados-observadores à núcleos afins como a "Chiesa Cristiana Evangélica in Italia" - conforme relatado por um de nossos irmãos residentes em Milão (Milano). 

 As averiguações, contudo, ocorrem sem maiores atropelos ou precipitações e sob meticulosa apreciação histórico-doutrinária. 

 Oremos. 

 Atenciosamente, 

 "Em Caridade" 

 Irmão Ednelson

~*~

Resta saber se o ministério vai divulgar a informação acima ou mante-la em segredo tal como mantém em segredo o fato de que eles costumam frequentar a Assembléia Cristã na Argentina quando em visita aos irmãos da Congregação Cristã neste pais. Maiores informações aqui.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

É perigoso questionar temas relativos à nossa fé dentro da Congregação Cristã?

 

Na postagem anterior um comentarista anônimo nos brindou com algumas considerações pra lá de esquisitas. Eu aceito criticas, inclusive criticas quanto as coisas que tenho escrito por aqui. Mas não foi o caso do irmão anônimo que citarei abaixo. O que vemos escrito por parte dele se resume basicamente em um caso de surto mental vindo de alguém que se deparou com um simples questionamento em relação às mudanças realizadas nos pontos de doutrina da Congregação Cristã no hinário 5. 

"Por qual razão mudou?" Uma simples pergunta como essa foi o estopim para os seguintes impropérios por parte do comentarista anônimo:

"Isso diz a respeito dos MURMURADORES (...) Como vocês fazem: Criticãndo a OBRA de DEUS, Publicando Livros, Falando MAL do Ministèrio, Das Orquestras, Da Revelaçâo,Do Hinário, Dos Ensinamentos, Da Doutrina e Fundando Seitas (...) Se não se ARREPÊNDEREM, antes da MORTE, é um PASSAPORTE pra "PERDIÇÂO" (...) Vocês nâo ganham nada ARRAZÕANDO, Acerca da OBRA (...) Não presiza de ENSINOS e EXPLICAÇÔES,O CONSOLADOR se encarrega de TUDO (...) A DOUTRINA è pra ser OBEDECIDA e nào DISCUTIDA."

Teve mais, muito mais. Todos os comentários poderão ser lidos neste link.

Não vou me ater em responde-lo ponto a ponto, pois isso demandaria muito tempo e muitas linhas nesta postagem. O que ele escreveu (e que poderá ser observado pelo leitor do blog) se resume em acusações e mais acusações contra aqueles que, segundo ele, se "levantam contra a obra Deus" por questionar o ministério em algum ponto, seja ele qual for.

Ele fala como se existisse a "fogueria da inquisição" nos fundos da congregação do Brás. Lendo os comentários dele, o leitor que não conhece muito bem a Congregação Cristã irá presumir que o Jorge Couri é o "Papa da Inquisição" e os demais anciães são os jesuítas que vivem no encalço de supostos hereges. Nesse filme medieval ele coloca Deus como um ser malvado que vai castigar terrivelmente todos aqueles que ousaram questionar o que os anciães disseram para a igreja bem como aqueles que tiveram um ponto de interrogação na cabeça ao ler as alterações sofridas no hinário número 5. Resumindo, a mente dele montou um verdadeiro conto de bruxas.

Sinceramente. Eu gostaria muito de compreender onde existe o mal em questionar determinado ensinamento ou mudança na Congregação Cristã.

Ora. Se eu não entendo determinado ensino ou a causa que motivou determinada mudança em nosso meio acredito que não existe absolutamente nada demais em querer entende-lo questionando as pessoas responsáveis por zelar da sã doutrina e ensinar a igreja.

Nesse sentido o mal esta em não questionar, em não querer entender a fé que você professa e em não querer compreender os reais fundamentos da obra de Deus.

Quem não esta preparado para ser questionado em determinado ponto também não esta preparado para estar na frente do povo de Deus para ensinar doutrina.

O anônimo que gosta tanto de citar as escrituras parece que desconhece a seguinte passagem: 

"A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um." Cl 1:6 

Prestou atenção no verbo "responder"? Você responde a quem te questiona algo. E o conselho do apóstolo para aquele que nos questiona algo é de que devemos responde-lo de maneira agradável, com temperança. Esse conselho vale para o ministério? Acredito que sim, mas para o anônimo o ministério não tem que responder absolutamente nada, pois em sua ótica o questinamento em si é um grave delito.

Toda sua histeria manifesta em seus comentários anônimos repleto de gritos (LETRAS GARRAFAIS) em relação à minha postagem não se justifica perante o fato de que nem mesmo os anciães costumam vetar questionamentos.por parte dos membros da Congregação Cristã, desde quanto estes se dirigem ao ministério de maneira respeitosa.

Você não representa o ministério da Congregação Cristã no Brasil, portanto não venha aqui se colocando como "porta voz do ministério". Aqui você não passa de um comentarista anônimo cuja opinião não passa de uma... opinião. Só isso e nada mais.

Dispensamos suas maldições, sentenças e ameaças. Todas elas passarão de largo por este blogueiro e por todos aqueles que debateram contigo. Deus é mais!